Atenção

Gostaria de anunciar que estão abertas as inscrições para alunos e bolsistas de tutoria do Pré-Vestibular Social 2019.

Cartaz bolsistas de tutoria PVS 2019

Cartaz alunos PVS 2019.jpg

No nosso site temos a lista atualizada de locais onde iremos atuar em 2019. Para quem não conhece o local onde atuamos nas suas cidades, pode favor confiram os links abaixo:
Edital de tutores (inscrições até 10/01/19): http://cederj.edu.br/prevestibular/inscricoes-para-bolsista-de-tutoria-2019/

Edital de alunos (inscrições até 14/02/19): http://cederj.edu.br/prevestibular/inscricoes-para-alunos-extensivo-2018

Locais onde o PVS irá atuar em 2019: http://cederj.edu.br/prevestibular/onde-estamos-pvs
1) O Pré-Vestibular Social é a porta de entrada da graduação do CEDERJ em muitas cidades do estado, já que os tutores do PVS são capacitados para ajudarem os alunos a se inscreverem no Vestibular CEDERJ, se prepararem para as provas, etc.

2) Alunos do Pré-Vestibular social que mantenham uma frequência mínima as aulas tem direito a isenção da taxa de inscrição no vestibular CEDERJ.

3) Pessoas mais velhas que já estão há muito tempo fora da escola precisam de ajuda para terem mais chance de fazer o vestibular CEDERJ e o PVS pode ser muito importante também nesses casos.

Anúncios
| Deixe um comentário

Atenção alunos do curso de Ciências Biológicas

Convido-os a participar da pesquisa da colega Ana Silva, aluna de MAG,  com algumas informações sobre o Curso. As respostas farão parte de sua monografia e poderão nos ajudar a aprimorar o Curso.

Participar é bem simples. Basta clicar no link abaixo e responderem 10 perguntas.
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfxJBpjWur5aV5t0BrPgt5pVck-hhTuDxf-dbcp6sUmzKgc8A/viewform

Desde já agradeço a todos que puderem colaborar

| Deixe um comentário

II Café com química

No próximo sábado, dia 24 de novembro de 2018, ocorrerá no polo CEDERJ de Nova Friburgo, o II Café com química!

A programação será composta por palestras e apresentação de trabalhos acadêmicos, contamos com a presença de todos!

IMG-20181122-WA0000

| Deixe um comentário

Aluna do Polo de Nova Friburgo ganha Menção Honrosa na SEMIC/ UERJ

A estudante do curso de Licenciatura em Geografia do Polo EAD de Nova Friburgo, Carla Luiza Silva Costa Neto, concorreu ao Prêmio de Iniciação à Ciência “Lucia Bastos”, com o seu trabalho de pesquisa etnográfica intitulado “Mapeando os cursos de licenciatura semipresenciais da UERJ e suas redes“, orientado pela Profa Fátima Kzam.
Dentre os 903 trabalhos inscritos na 27ª Semana de Iniciação da UERJ (SEMIC), o seu foi selecionado para o grupo de destaques do evento, o que lhe garantiu uma Menção Honrosa.
Carla Luiza é bolsista de Iniação Científica (IC), desde abril e 2017, e esse ano também apresentou seu trabalho na XI Seminário Regional Sudeste da ANPAE/ XI Encontro Regional Sudeste da ANFOPE, na UFF de Niterói.
 
Parabéns, Carla!
O trabalho encontra-se disponível no PDF em anexo.
| Deixe um comentário

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

De 17 a 20 de outubro de 2018, ocorreu a VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Nova Friburgo! Os alunos do Polo EAD de Nova Friburgo estiveram presentes em todas as atividades.

Nossa querida diretora do Polo, Profa Rosali Zavoli, participou de uma mesa de debates na UFF de Nova Friburgo.

Cerimônia de abertura

Foto 1: Presença da diretora do Polo Rosali Zavoli na semana da Ciência e Tecnologia. Créditos: Rosali Zavoli.

5e2afb9b-0c3b-47a2-aa03-4c4596555c5d

Foto 2: Apresentação musical, com nossa aluna do curso de Química, Djullye de Lisandra da Fonseca Monteiro. Créditos: Rosali Zavoli.

O ETARSERRA, que é a Exposição de Trabalhos Acadêmicos da Região Serrana, está na sua 6ª edição, faz parte do evento e contou com a presença de vários alunos do Polo. De acordo com o relato do aluno do curso de Ciências Biológicas, Hugo Silva, que participou de uma roda de conversa:

“Na roda de conversa os trabalhos são expostos geralmente em Power Point. Apresentei o meu, que é baseado na minha monografia sobre motivação dos alunos em escolas. Falei sobre jogos didáticos, modelos didáticos e experimentos lúdicos no ensino, principalmente envolvendo ciência e arte. Contei da minha experiência prática com os alunos, sobre as aulas de música que eu dou e sobre as Mostras de artes do Polo CEDERJ. Depois fiquei vendo as apresentações do grupo 1 da roda de conversa (eu fui o primeiro a apresentar). Tinha muita coisa voltada para a área do ensino, apesar de todos serem trabalhos da UFF. Foi construtivo, muitos trabalhos falavam sobre ensino significativo e sobre evitar a aprendizagem mecânica”

De acordo com a aluna Diovana Belório do curso de Ciênciais Biológicas:

“Eu fui apresentar um pouco do meu projeto de monografia intitulado ‘Adaptação de material sobre estuários para pessoas com deficiência visual e estímulo à reflexão de futuros professores sobre a importância de ferramentas acessível no processo de inclusão’. Falei sobre tecnologias assistivas, que são materiais, metodologias, serviços e práticas que buscam dar independência aos deficientes. Falei de algumas que facilitam a aprendizagem dos alunos deficientes visuais. E expliquei sobre o jogo de RPG que estou desenvolvendo no Jogavox, que conta com narração, imagens e efeitos sonoros para facilitar o acesso pelos deficientes visuais.”

Aluna Diovana

Foto 3: Aluna Diovana Belório, participando do Etarserra. Créditos: Diovana Belório.

Jayse Paqui Veiga, aluna do curso de Geografia, também participou de uma roda de conversa, e falou um pouco sobre o seu projeto, juntamente com a profª Adriana Bernardes, que tem um grupo de astronomia. O trabalho da aluna é referente às estações do ano, que é um tema interdisciplinar que engloba tanto a Geografia como outras ciências. De acordo com ela, a participação no ETARSERRA foi extremamente enriquecedora.

0bfb2449-a79c-48f7-9a2b-8ec124201088

Foto 4: Participação da aluna Jayse Paqui Veiga, no Etarserra. Créditos: Jayse Paqui Veiga.

Eu, Carolina Maciel Mattos, também tive a honra de participar deste evento, que acrescentou muito na minha formação, pois tive a oportunidade de mostrar um pouco do meu trabalho no Blog do Polo EAD de Nova Friburgo, através da exposição do Banner. Essa experiência me possibilitou agregar mais valor ao meu trabalho, através de várias dicas e observações do avaliador e, assim, trocar conhecimentos.

Minha participação no etarserra

Foto 5: Participação da aluna Carolina Maciel Mattos, no Etarserra. Juntamente com dois tutores do CEDERJ, Jaqueline Dália e Gabriel Frazão,  duas alunas do CEDERJ Jayse Paqui Veiga e Gilsiane de Freitas, uma aluna  da UFF Esther Pinho e uma aluna do Ibelga Raíssa Pinho Créditos: Carolina Maciel Mattos.

A aluna Clarisse Lugon, também participou do ETARSERRA, e pode apresentar  o seu projeto “Viver Jardim”, que recebeu menção honrosa pela equipe da UFF.

clarisse etarserra

Foto 6: Clarisse Lugon, participando do Etarserra. Créditos: Clarisse Lugon.

Os alunos do Polo EAD de Nova Friburgo também se mostraram presentes na Caravana da Ciência. De acordo com o aluno Diego Jardim Ciências Biológicas:

“Em relação à caravana achei muito interessante poder participar do evento e passar um pouco do meu conhecimento para alunos que estão dando início aos estudos, isto é, alunos do ensino fundamental. E para os alunos do ensino médio, poder passar um pouco da minha experiência e vivência acadêmica e ver que minha vivência estimulou e serviu, para alguns alunos, como parâmetro e perspectiva para o decorrer acadêmico desses alunos. Me chamou atenção o fato de que nenhum dos alunos em término do ensino médio tivessem conhecimento da Fundação Cecierj e do Consórcio Cederj, como o Polo universitário EAD de nosso cidade. Logo, fiquei feliz em poder informar e esclarecer dúvidas sobre o Consórcio e dar uma perspectiva para o futuro acadêmico desses jovens.”

Participação na caravana da ciencia

Foto 7: Diego Jardim, participando da Caravana da Ciência. Créditos: Diego Jardim.

 

| Deixe um comentário

Feira Agroecológica da UERJ e da Semana da Alimentação Carioca.

Na última terça-feira, dia 16 de outubro de 2018, ocorreu, na UERJ, a Feira Agroecológica e a Semana da Alimentação Carioca. As alunas do Polo EAD de Nova Friburgo Clarisse Lugon, Renata da Costa e Tatiana de Araujo participaram deste evento.

81c7171b-2277-4f6b-8a7c-2fc98f9e0429

Foto 1: Celly Saba,  Luciana Maldonado, Clarisse Lugon, Tatiana de Araujo, Fátima Kzam e Renata da Costa, participando a feira Agroecológica da UERJ.

De acordo com a aluna Clarisse Lugon:
“Participar da Feira Agroecológica da UERJ e da Semana da Alimentação Carioca, a convite da querida Professora e Vice Diretora do Instituto de Nutrição, Luciana Maldonado, foi uma honra! Uma experiência linda que nos trouxe muito aprendizado. Os alimentos são nossa fonte de vida e precisamos refletir e analisar as escolhas que fazemos, entender a diferença entre alimentar-se e nutrir-se. O consumo de alimentos orgânicos deve ser uma prioridade. A partir de movimentos como a Feira Agroecológica e a SAC, valorizamos e discutimos essa pauta tão importante além de conhecermos e consumirmos alimentos de produtores orgânicos do estado do Rio de Janeiro, valorizando seu cultivo e produção. Agradeço muito á professora Luciana Maldonado pelo convite, simpatia e ajuda, e á Jessica Rosa Marinho, por todo o carinho e atenção!”

amo

Foto 2: Aluna Clarisse Lugon, na feira agroecológica na UERJ, apresentando o “Viver Jardim”. Créditos: Clarisse Lugon.

Segundo relatos da aluna Tatiana de Araujo:

“Foi mega gratificante levar a oficina de construção de bombas de sementes para Feira Agroecológica na Uerj, organizada pelas Professoras Luciana Maldonado e Jéssica Rosa Marinho, do Instituto de Nutrição da UERJ, em culminância com a Semana de Alimentação Carioca e divulgar um pouco do meu trabalho de pesquisa desenvolvido no TCC sobre a técnica Nendo Dango, expressão japonesa que significa bomba de sementes, criada pelo microbiólogo japonês Masanobu Fukuoka, um dos precursores da permacultura, e trocar experiência e tanto conhecimento acadêmico nas oficinas e vivências presentes.”

tatiiii

Foto 3: Tatiana de Araujo, participando da feira agroecológica na UERJ. Créditos: Tatiana de Araujo.

 

| Deixe um comentário

Atividades sobre a Semana da Biologia:

 

A Semana da Biologia começou na terça-feira, dia 09 de outubro de 2018, com o profº Maycon Saviole apresentando as atividades que seriam realizadas durante toda a semana. Para iniciar, os estudantes de Licenciatura em Ciências Biológicas, Gustavo Gonçalves e Gabriela Cordeiro, contaram um pouco sobre as suas experiências ao participarem de um curso sobre Biologia Marinha em Ubatuba, São Paulo. O projeto é conhecido como BIÓICOS, o objetivo do curso é fornecer aos alunos, por meio de atividades teórico-práticas, subsídios para a melhor compreensão do ambiente marinho, de seus organismos e da interação entre estes. Os alunos relataram que foi uma experiência extremamente enriquecedora, onde puderam estar em contato com ambientes adjacentes do marinho como os manguezais, a restinga e riachos litorâneos. Puderam conhecer os projetos TAMAR e AQUÁRIOS DE UBATUBA, além da oportunidade de participar de aulas sobre técnica de mergulho.

bioicos

Foto 1: Gustavo Gonçalves e Gabriela Cordeiro, apresentando sobre o projeto Bióicos. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

No decorrer das atividades, a aluna Clarisse Lugon falou um pouco sobre o seu projeto Viver Jardim, que aborda a Educação Ambiental colocando os estudantes como protagonistas no cultivo das plantas ornamentais e seus conhecimentos que se estendem da jardinagem à biologia. Em agosto de 2017 surgiu o Projeto Viver Jardim, atividade ligada ao projeto de extensão realizado no Polo de Educação a Distância de Nova Friburgo, envolvendo os estudantes do curso semipresencial de Licenciatura em Ciências Biológicas. A criação do jardim se iniciou a partir de um “biodesafio” proposto pelo tutor coordenador do curso, Maycon Saviole, para os calouros da turma que ingressavam no primeiro semestre de 2017 e, posteriormente, se tornou uma atividade de ensino-pesquisa-extensão. Um jardim tem papel importante, muda a vida de quem está à sua volta, pode ser experimentado, vivenciado passeando por ele, observando o desenvolvimento das espécies que ali estão, palpitando nas mudas e estacas, sensibilizando e educando os que transitam por ele a enxerga-lo como um ser de vida própria, uma manifestação da natureza na Universidade.

clarisse

Foto 2: Clarisse Lugon, apresentando sobre o seu projeto “Viver Jardim”. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

Seguindo as atividades, a aluna Renata da Costa apresentou o seu projeto “Recicla Solo”, no qual é utilizada uma composteira com objetivo de reaproveitar o material orgânico, que na maioria das vezes é descartado como lixo. O objetivo é transformar todo o resíduo em adubo orgânico, cujo processo de decomposição é feito pelas minhocas. Durante a transformação desse material orgânico, ocorre a desidratação, sendo que a parte líquida pode ser usada como biofertilizante.

chatinha

Foto 3: Renata da Costa, apresentando sobre o seu projeto “Recicla Solo”. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

Após a apresentação dos trabalhos e experiências na área acadêmica da Biologia, o aluno Roberto Candeias desenvolveu uma oficina sobre noções básicas de desenho, onde os participantes tiveram que realizar quatro desenhos diferentes. A parte prática foi muito divertida, e o objetivo era aprender a representar as estruturas dos animais através do desenho.

Dando continuidade à Semana da Biologia, no dia 10 de outubro de 2018, quarta-feira, o profº Maycon Saviole ministrou uma prática simplificada de produção de vasos a partir de fibras vegetais, pó de serra, papel triturado e outros materiais de origem vegetal. Para dar início, Maycon Saviole apresentou o significado das palavras Xilo e Cimento.

Após isso, disponibilizou o passo a passo para fazer o artefato:

  • Disponha de uma fonte de fibras vegetais;
  • Processe essa fibra para que fique no padrão desejado;
  • Misture na proporção 1:1 uma parte de fibra com uma parte de cimento;
  • Deixe a massa bem homogênea sem excesso de água;
  • Molde seus vasos;
  • Deixe secar por pelo menos três dias;
  • Reforce e pinte.
xilocimento 2

Foto 7: Professor Maycon Saviole, ensinando o passo a passo para a realização de um vaso de Xilocimento. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

Todos os que estavam presentes tiveram a oportunidade de participar da parte prática da produção desses artefatos a fazer seus próprios vasos.

xilocimento 4

Foto 8: Aluna Mary Ellen produzindo seu próprio artefato. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

xilocimento 3

Foto 9: Alunos participando da parte prática. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

Após a atividade prática, houve a realização de um vídeo debate com o aluno Diego Jardim, sobre questões referentes à moral e ética nas conjunturas pessoais, filosóficas e religiosas. Debateu-se como moral e ética são vistos no meio social, público, físico e na internet. Além disso, refletiu-se sobre liberdade de expressão sem controle e controlado, e sobre ética e moral no sentido profissional e político.

moral e ética

Foto 10: Vídeo debate, sobre moral e ética com o aluno Diego Jardim. Créditos: Carolina Maciel Mattos.

Na quinta-feira, dia 11 de outubro de 2018, houve uma palestra e exposição de FUNGOTECA, com a convidada Caroline Moraes e as alunas Patrícia Toledo e Tatiane Moraes. A palestrante Caroline explicou as características gerais dos fungos: são seres vivos eucariontes; em sua maioria são multicelulares (filamentosos), mas alguns são unicelulares (leveduras); todos são heterotróficos e não possuem pigmentos fotossintéticos. Os fungos multicelulares são formados por uma rede de filamentos (micélio), com células alinhadas topo a topo e ramificadas (hifas), que podem ser septadas ou asseptadas. De acordo com a convidada, possuem parede celular formada por quitina, o que confere elevada rigidez e maior resistência à degradação microbiana. A presença da parede impede-os de realizar fagocitose, logo, alimentam-se por absorção, liberando enzimas hidrolíticas para o exterior do corpo e absorvendo os nutrientes sob forma já digerida. A relação dos fungos com o meio ambiente pode ser dividida em: saprófito, simbionte, parasita e predador. Muitos fungos são aeróbicos, ou seja, realizam a respiração. Alguns são anaeróbicos e realizam fermentação. De acordo com as alunas Patrícia e Tatiane, os fungos são importantes, pois são considerados “lixeiros do mundo”, já que degradam todo tipo de resto orgânico e têm aplicação em diversas áreas, como: medicina, farmácia, nutrição, agricultura, entre outras. As palestrantes levaram vários fungos em vidros, para que os participantes pudessem visualizar as diferenças entre cada um.

Após a palestra, houve uma oficina sobre análise laboratorial de urina, com a estudante Camila Junqueira. Para iniciar, a aluna se apresentou, e fez um estudo dirigido utilizando uma apresentação de slides, explicando sobre os EPI e EPC, que são equipamentos de proteção individual e coletivo, e como são feitas as análises de urina. Além disso, exemplificou o procedimento que iria ser realizado na oficina.

análise de urina 5

Foto 14: Estudante Camila Junqueira. Créditos: Gustavo Gonçalves. 

Para a realização da atividade, a palestrante usou como base a coleta de sua urina e alguns alunos, na hora, coletaram o seu próprio material.

análise de urina 3

Foto 15: Alunos fazendo sua própria análise de urina. Créditos: Gabriela Cordeiro.

E com isso, foram feitos os procedimentos do método que a convidada exemplificou na palestra, que foi o mais simples, chamado EAS.

Devido ao mal tempo, o trabalho de campo que seria realizado na sexta-feira foi cancelado!

Para fechar a Semana da Biologia, no sábado, dia 13 de outubro de 2018, aconteceu o projeto denominado “Nossos jardins e bosques” realizado pelos alunos Leon, Fernando e Mary Ellen que, futuramente, fará a catalogação das espécies plantadas.

reflorestamento 4

Foto 18: Aluna Mary Ellen, implementando o projeto “Nossos Jardins e bosques”. Créditos: Mary Ellen.

A finalidade foi fazer um mutirão para o plantio de árvores, como Ipê, Castanha do Pará, Cerejeira, Araucária, Ingá, Pitanga, Canela, Sarandu e Guaquica. Foram 73 mudas plantadas, sendo duas exóticas e o restante nativas.

Sem título

Foto 19: Multirão “Nossos jardins e bosques”. Créditos Maycon Saviole. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=152724959014250&set=pob.615221722&type=3&theater

Concomitante com a atividade do reflorestamento ocorreu a Exposição de insetos na Educação, organizada pelos estudantes, com a coordenação da tutora Renata Souza.

| Deixe um comentário

Vestibular CEDERJ 2019.1

Estão abertas as inscrições do Vestibular Cederj 2019.1. Para se inscrever, o candidato deve acessar  o formulário de inscrição até 31 de outubro de 2018 e, ao final do preenchimento imprimir o boleto para efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 88. Serão ofertadas 7.684 vagas distribuídas nos 16 cursos de graduação a distância em Universidades Públicas, 625 a mais do que as oferecidas no último semestre.
Para o Polo Cederj Nova Friburgo serão oferecidas as seguintes vagas: 50 para Licenciatura em Letras/UFF, 45 para Licenciatura em Ciências Biológicas/UERJ, 40 para Licenciatura em Geogragia/UERJ, 40 para Licenciatura em Pedagogia/UERJ, 10 para Licenciatura em Química/UENF e 30 vagas para Tecnólogo em Segurança Pública e Social/UFF.
As vagas destinadas para o Curso de Tecnologia em Segurança Pública são reservadas apenas para os profissionais da ativa da Segurança Pública, como: Policiais Civis e Militares do Estado do Rio de Janeiro, Guardas Municipais, Agentes Penitenciários, Bombeiros, Policiais Rodoviários Federais, Policiais Federais, membros das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), Agentes Portuários e Policiais Civis e Militares de outros Estados da federação.
 As provas serão aplicadas no dia 01 de dezembro de 2018 e as aulas começam no primeiro semestre de 2019.
Para maiores informações, acesse o edital:
| Deixe um comentário

Semana nacional de Ciência e Tecnologia.

De 17 a 20 de outubro de 2018, estará acontecendo a VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Nova Friburgo!

A cerimônia de abertura da SNCT 2018, a ser realizada na próxima terça, 16/10, às 18:30, no Teatro Municipal de Nova Friburgo.

b287bab9-8214-4617-8cf6-b7f00cce5f7c

Será uma semana cheia de atividades, como: A caravana da Ciência, Etarserra, e diversas  outras atividades que irão contribuir para a construção de conhecimento de todos os participantes.

8fe0333e-7c98-4400-a5e0-5a410b44f9cf

A seguir, está  o link que contém a programação completa: https://1drv.ms/f/s!AkjvpDppjXL_vTclM33U_D9ZJD1S

| Deixe um comentário

Semana da Biologia

Entre os dias 9 a 13 de outubro de 2018 acontecerá a Semana da Biologia, no Polo CEDERJ de Nova Friburgo.  Será repleta de atividades que enriquecerão o nosso saber.

Segue o cartaz da programação, com mais informações:

e35290d8-c3f2-43e7-a3f2-10f17c54fd30

PARTICIPE! Sua presença é fundamental.

| Deixe um comentário