pH das águas – entrevista com alunas participantes do Experimento Global para o Ano Internacional da Química

2011 é o Ano Internacional da Química e durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia estudantes de escolas públicas de todo o país medirão o pH das fontes de água de seus municípios. O objetivo do projeto é montar um banco de dados mundial sobre a qualidade da água do planeta.

Para isso, a SBQ (Sociedade Brasileira de Química) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação distribuiram para as escolas brasileiras kits que contêm copinhos plásticos para coletar água, frascos com soluções indicadoras de pH e uma tabela que correlaciona a cor obtida com o nível da acidez da solução.

Depois de medir o pH das fontes naturais de suas regiões, os estudantes irão inserir o resultado obtido em um grande banco de dados nacional on-line, que ao final será incorporado a um banco mundial.

Nossas alunas Viviane Schimidt Fernandes e Michele Pereira de Souza, do curso de Licenciaturas em Ciências Biológicas, estão participando desse projeto, orientando os alunos do Colégio Estadual José Martins da Costa para a coleta das águas em São Pedro da Serra, distrito de Nova Friburgo. No dia 15 de outubro de 2011 elas foram entrevistadas pela aluna Sheila Costa (PED), bolsista de Extensão. Confira como foi.

Transcrição da entrevista:

1- Michele Pereira de Souza

2- Viviane Schimidt Fernandes

O que é o projeto? Qual o objetivo de medir o pH das fontes de água?

1 – Acho que aproximar mais os alunos da Química.

2 – Aproximar o ex-aluno da escola e o aluno da natureza. Na medição do pH a gente levou a criançada nos poços. Inclusive, no decorrer do trabalho, a gente viu contaminação, lixo jogado, pneus. E é legal o aluno sair um pouco da sala de aula, daquela atividade que o professor passa diariamente e ter outro tipo de atividade.

Como surgiu a idéia de vocês participarem do projeto?

2 – Já éramos alunas da escola e já existia um trabalho de monitoramento das águas. São oito pontos de monitoramente em São Pedro da Serra. Aí, um dia eu e a Michelle estávamos conversando com a Fátima. Ela falou dessa proposta do trabalho sobre a Química e a gente aceitou. Procuramos nosso antigo professor de Biologia, o Laércio, que liberou um espaço da aula dele pra que fizéssemos esse trabalho.

1 – Ele liberou o horário da turma do 9º ano. Dividimos a turma em grupos e fizemos a coleta das águas e a análise do pH .

Porque o pH ou só o pH?

2 – No começo, só a medição do pH, que foi a proposta do Ano mundial da Química. Agora, depois desse trabalho inicial, recebemos o convite pra ficarmos como monitoras no laboratório do colégio estadual de São Pedro. E aí, nesse próximo trabalho, analisaremos a água como um todo. São vários pontos, como: locais de banho, locais de nascentes – que abastecem casas e escolas, até mesmo a água tratada pela concessionária da cidade, e a análise não vai se limitar ao pH. Vamos analisar se essas águas são próprias pra consumo, próprias pra banho, causas de contaminação. É um projeto a longo prazo. Vai ser uma longa pesquisa.

Vocês vão continuar o projeto?

2 – Sim, por cinco anos.

1 – Essa foi uma proposta da Fátima, medir o pH,  por causa do Ano da Química mesmo. Isso (a idéia do experimento global) foi pra todas as escolas. Saber o pH das águas do planeta é o objetivo do experimento.

–==–

Confira algumas fotos do projeto.


Alguns sites sobre o assunto:

Ano Internacional da Química: http://quimica2011.org.br/

Página do Experimento Global: http://qnint.sbq.org.br/agua/

Sociedade Brasileira de Química: http://www.sbq.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s