Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência

No dia 21 de setembro a programação da 3ª Mostra de Artes do Polo foi voltada ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, comemorado nessa data. Foram realizadas uma animação circense, uma palestra e uma exposição de quadros e pinturas

Os palhaços Geleia e Gelatina, estudantes da APAE de Nova Friburgo, iniciaram as atividades em clima de descontração e brincadeira. Na sequência, a licencianda em Pedagogia Thainá da Silva Rodrigues, estudante do Polo (UERJ), ministrou a palestra sobre Orgulho Braille. Encerrando as atividades do dia, os presentes puderam visualizar e discutir sobre alguns cartões pintados por deficientes físicos. As obras, com pinturas dos mais diversos tipos e todas com alto grau de complexidade, detalhes e beleza, estavam acompanhadas pelas biografias de seus autores.

As atividades fomentaram o debate sobre a inclusão de pessoas com necessidades especiais e trouxeram questões relativas à cidadania através da arte, que pode ser trabalhada como terapia, como forma de expressão ou de amenizar a falta de algum sentido. Ou seja, a arte pode ser uma forma de proporcionar cidadania e autonomia a pessoas que, em muitos casos, são consideradas dependentes.
 
IMG-20161010-WA0005-1.jpg

Palhaços Geleia e Gelatina,estudantes da APAE de Nova Friburgo, animando as pessoas presentes.

IMG_6794.CR2.jpg

IMG_6768.CR2.jpg

Mostra de quadros mediado por Eduardo Vieira Custódio.

IMG_6770.CR2.jpg

IMG_6833.CR2.jpg

Palestra sobre Orgulho Braile de Thaina da Silva Rodrigues.

IMG_6873.CR2.jpg

Participantes ao final das atividades.