Polo EAD de Nova Friburgo no evento UERJ Sem Muros

Entre os dias 24 e 28 de abril de 2017 ocorreu a 27ª UERJ Sem Muros (USM), no campus de Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro.
 
A USM é um evento que visa apresentar à sociedade os trabalhos acadêmicos que têm sido desenvolvidos pelos seus estudantes em várias áreas de conhecimento. Extensão, pesquisa e cultura são os pilares do evento.
 
Os alunos bolsistas do polo EAD Nova Friburgo Matheus Darrieux, Ellen Lemos, Hugo Carvalhal Silva, Matheus Miranda e Eduardo Vieira Custódio estiveram presentes apresentado seus trabalhos.
 
Este ano o lema do evento foi “Sem esmorecer para não desmerecer”, frase atribuída ao cientista Oswaldo Cruz. Esta fala nos remete aos problemas pelos quais a UERJ e todo estado do Rio de Janeiro vêm passando. Em vários trabalhos apresentados estiveram presentes críticas sociais e propostas de movimentação referentes à situação delicada em que se encontra a universidade, financeiramente e politicamente.
 
Para os estudantes de educação a distância, a USM é uma oportunidade para vivenciar o cotidiano de uma Universidade presencial. O evento, repleto de debates e apresentações de trabalhos foi um espaço de construção dialógica de conhecimento, onde foi possível conversar com apresentadores de trabalhos e seus orientadores. Estas conversas e as apresentações de trabalhos são enriquecedoras para todos os envolvidos, pois é através delas que os diversos projetos de pesquisa, de extensão e de cultura promovidos pela UERJ podem se relacionar de forma interdisciplinar, resultando em aprendizado relevante e pragmático.
 

Para o estudante da EAD a rotina acadêmica é, em muitos casos, uma rotina de pouca interação com outros estudantes, quer seja da mesma área e formação ou de áreas e formações diferentes. Em eventos como a USM a interação entre estudantes de diferentes níveis de formação e diferentes áreas permite que ocorram correspondências entre os trabalhos apresentados, o que contribui para uma produtividade acadêmica de maior integração com a sociedade.

Seguem alguns depoimentos dos participantes:

Nunca tinha ido a um evento na Uerj Maracanã, somente em 2009, quando fiz uma segunda fase do vestibular, e me deparei com um lugar grandioso e maravilhoso, alicerce de muito conhecimento, convivência e aprendizagem. É realmente para qualquer um sentir o maior orgulho de fazer parte dessa grande instituição. Na quarta-feira, dia 26 de abril de 2017, tive o prazer e oportunidade de participar de um evento que, para mim, mostra a força da UERJ. Conheci vários projetos de extensão e o mais importante para mim: a interação com alunos de diversos cursos oferecidos pela UERJ. Acho que todos que pudessem, deveriam ter essa experiência UERJ SEM MUROS que tive, uma experiência que será levada por toda a minha vida pessoal e acadêmica. Apesar da instituição UERJ estar às margens do Governo, está se mantém forte e mantém fortes todos os que estão com ela: “Sem esmorecer para não desmerecer”. Por Ellen dos Santos Lemos (bolsista Extensão BIO).

Minha experiência na USM foi extraordinária, nunca tinha conhecido o local onde está a UERJ e quando a vi fiquei impressionado com a quantidade de informações sobre diversos cursos espalhados pela faculdade e ainda o espaço que ela possui, o que permite a possibilidade de ocorrer diversas palestras e eventos. Além disso, foi muito bom apresentar meu trabalho para diversas pessoas e também conhecer os trabalhos de outros, o que me permitiu a possibilidade de entender diversos outros temas sobre outros trabalhos e com isso, pude observar no que eu poderia melhorar e diversificar o meu trabalho. Por Matheus de Miranda Ralha Candido (bolsista EIC- BIO).

Logo que ingressei na Universidade me recordo da aula inaugural, quando uma aluna disse que só foi conhecer a UERJ no dia em que pegou o diploma. Pensei, por um momento, na grande riqueza e troca de experiências que teríamos com uma visita à instituição. E foi isso que aconteceu no último dia 25/04/17: eu, como estudante de Pedagogia, fui ouvir trabalhos da Engenharia Mecânica que falam do nióbio, um metal abundante no Brasil que está sendo utilizado em pesquisas para próteses no corpo humano; acompanhei o uso de aplicativos que substituem equipamentos na área de medição elétrica; conheci pesquisas com pluviômetro na região serrana que trabalham com microprocessadores associados à análise da água e poluição. Já na área de Educação vi trabalhos que discutiam oficinas de desenvolvimento de perfumes para ensinar química com alunos do ensino médio. Isso não é uma forma interessante de fazer a química presente no dia a dia? Enfim, foram inúmeras apresentações e não poderia deixar de relatar sobre o meu projeto de EIC (Estágio Interno Complementar) com a temática da Evasão na EAD. Fomos muito elogiados pelo trabalho desenvolvido no Polo, com o acompanhamento de alunos calouros que faltam provas e tutorias, na organização de eventos, além de palestras itinerantes nas escolas, e feiras de orientação profissional em espaços públicos. Então, não é porque sou aluno da modalidade semipresencial que me dá o direito de ficar alheio à realidade da minha Universidade. Diante de todo escândalo de corrupção no Brasil e precarização do funcionário público do estado, não podíamos ficar indiferentes quanto a nossa participação. Neste contexto, visitar UERJ sem MUROS, este ano, é apoiar todas as lutas dos professores e funcionários que sangram a cada mês recebendo parcelas de salários e não desistem de colocar a instituição para a frente. Ao chegar entre os alunos e nos apresentar, muitos ficaram entusiasmados por saber que viemos de tão longe para marcar presença. Volto pra Friburgo com a sensação que devemos nos unir e gritar mais alto: RESISTE UERJ!!! Por Eduardo Vieira Custódio (bolsista EIC/PED)

IMG_1147[413].JPG

Ellen dos Santos Lemos (IBRAG), Matheus Darrieux de Souza (IBRAG) e  Profa Fátima Kzam Damacedo de Lacerda( IQ/SR-1) no campus de Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro.

thumbnail_IMG_1144.jpg

Os bolsistas Matheus Darrieux de Souza (IBRAG) e Ellen dos Santos Lemos (IBRAG) apresentando o trabalho de extensão na USM, no dia 26/04/2017.

IMG_20170425_112749140.jpg

Os bolsistas Matheus de Miranda Ralha Candido (IBRAG), Hugo Carvalhal (IBRAG) e Eduardo Custódio (FE) apresentando seus trabalhos na USM no dia 25/04/2017.