História

De 2003 a 2010, o Polo de Educação a Distância de Nova Friburgo funcionou no prédio de graduação do IPRJ (Instituto Politécnico do Rio de Janeiro) no Campus Regional da UERJ em Nova Friburgo, no Bairro de Vila Nova. O local é privilegiado por sua beleza, porém de difícil acesso devido à íngreme subida, com cerca de 1 km de sinuosa estrada de paralelepípedo. No prédio também funcionavam os cursos presenciais de graduação oferecidos pela UERJ: Engenharia Mecânica e Engenharia da Computação.

Após a catástrofe de janeiro de 2011, parte do acesso ao Campus foi destruído, inviabilizando o funcionamento do local. Assim, no ano de 2011, as atividades do Polo EAD de Nova Friburgo aconteceram em dois locais: O Colégio Estadual Professor João Bazet e a Escola Municipal Dante Magliano.

No final de 2011, foi firmada uma parceria com a Prefeitura de Nova Friburgo para a instalação do Polo no CIEP 124 – Licínio Teixeira, na Via Expressa, no bairro Olaria.

O atendimento aos alunos é realizado de 3a feira a 6a feira das 13h  às 21h e, aos sábados, das 8h às 17h.  Atualmente, a infra-estrutura do Polo encontra-se organizada da seguinte forma:  sala da Direção/  Coordenações de Ciências Biológicas e Pedagogia; Secretaria/ Biblioteca;  Laboratório de Informática;  Laboratório de Biologia/Microscopia; Laboratório de Física; Sala dos Tutores; 3 salas de aula/tutoria; banheiros femininos e masculinos. Além disso, o Polo EAD de Nova Friburgo utiliza outros espaços  compartilhados com o C.E. Dr. Galdino do Valle Filho, tais como: 13 salas de aula; refeitório; banheiros femininos e masculinos;  quadra coberta; pátio  coberto e a parte externa do CIEP.

Os alunos podem tirar dúvidas sobre as disciplinas através das sessões de tutorias que podem ser presenciais (acontecem no Polo) ou a distância (por telefone ou internet). Cada disciplina possui um tutor presencial que fica no Polo, à disposição dos alunos, 2 horas por semana. No caso do Polo Friburgo, as tutorias presenciais não são alocadas em horários fixos. Uma escala de horários é elaborada mensalmente com o propósito de alternar os horários das diversas disciplinas em dias de semana (final da tarde e noite) e aos sábados, a fim de facilitar o acesso dos alunos às sessões de tutoria presencial. Essa estratégia tem se mostrado bastante efetiva, mas requer a elaboração mensal de horários de atendimento (tarefa árdua!) e uma maior disponibilidade dos tutores. Cabe assinalar que, embora as sessões de tutoria presenciais não sejam obrigatórias, observa-se um melhor desempenho acadêmico quanto maior for a participação do aluno nas tutorias e fóruns de discussão presenciais e virtuais (FLINTE, GRENHA e MACEDO, 2008).

______________________________________________________________________

Quer saber mais? Veja LACERDA, F.K.D. Relatando experiências em EAD: o caso do Pólo de Nova Friburgo. In: BRUNO, M. e RITTO, A. (Orgs.). Educação a Distância: flexibilidade e paradigmas. Rio de Janeiro:PoD, 2010, p. 145-171.

Anúncios